Resenha para crianças: O livro sem figuras

O livro sem figuras

O que vocês acham de um livro sem figuras? Chato? Bobo? Pois pode ser também muito engraçado! Quem lê essa história acaba numa armadilha de palavras e, de repente, se vê obrigado a falar e fazer coisas diferentes, fazer barulhos esquisitos, cantar músicas bobas e até fazer declarações um pouco constrangedoras… Tudo para chamar a atenção dos pequenos leitores, já que não há figuras.

É muito divertido, garanto que vocês vão se surpreender!

Veja como foi a leitura!

A gente se divertiu muito hoje com “O Livro Sem Figuras”, de B.J. Novak, da editora Intrínseca. Tive que ler tudinho que estava escrito no livro, seguindo a regra, e as crianças morreram de rir!

Com humor, o livro quebra totalmente com aquela ideia de que um livro sem imagem é sem graça!

Um livro para descontrair, dar risada, sem medo de pagar mico!

Atenção: um adulto envergonhado não vai conseguir fazer a leitura!

Quer mais livros para dar risada? Venha conhecer a nossa tag #lomparadarrisada!!

Compre o livro clicando na imagem abaixo:

Venha conosco!

Você gosta de histórias, certo? Venha escutar as mais de 40 histórias para ler o mundo que temos na plataforma gratuitamente!

Publicado por:Bruna Cardoso e Paula Strano

Somos Bruna Cardoso e Paula Strano, as idealizadoras do Ler o Mundo. Como educadoras especialistas em alfabetização, já acompanhamos o processo de aprendizagem da leitura e da escrita de muitas crianças e sabemos o quanto a família e a escola são importantes nessa fase. Por isso, pensamos que uma boa maneira de ajudar mães, pais e educadores seria criar uma plataforma que traz tudo o que eles precisam saber: como funciona esse processo na vida das crianças, com dicas de atividades e um pouco da teoria que nos fundamenta. Nossa experiência como professoras está presente em cada palavra, assim como nossas trajetórias de vida, pois Bruna é também psicopedagoga e mãe de Helena (10 anos), Cecília e Matteo (7 anos), e Paula é especialista em produção de texto e escritora de literatura infantil.

O que você achou do conteúdo? Comete aqui!