Resenha para crianças

contos de bichos do mato

Ricardo Azevedo é um grande pesquisador de histórias populares brasileiras. No livro Contos de Bichos do Mato, para além dos julgamentos do que é certo ou errado, apresenta narrativas que foram criadas a partir da moral ingênua, moral popular, que tem como pano de fundo a vontade de sobreviver, vivida por gente que, de fato, precisa todo dia ir à luta. Elas são muito divertidas e têm um contexto que precisa ser considerado e entendido. Nas palavras do autor: “Eis aí a dimensão riquíssima dessas histórias: elas possibilitam uma reflexão ética e uma discussão sobre justiça, a liberdade de agir e os limites do comportamento humano.”

Mais sobre a leitura do livro Contos de Bichos do Mato

“Contos de Bichos do Mato”, de Ricardo Azevedo, #editoraatica diverte demais com a esperteza do macaco e de outros personagens!

Quer mais livros de bichos? Venha conhecer a nossa tag #lomlivrodebichos!!

Clique na imagem abaixo e compre o livro na Amazon pelo nosso link!

Venha conosco!

Você gosta de histórias, certo? Venha escutar as mais de 30 histórias para ler o mundo que temos na plataforma gratuitamente!

Basta se cadastrar em: https://app.leromundo.com.br

Publicado por:Bruna Cardoso e Paula Strano

Somos Bruna Cardoso e Paula Strano, as idealizadoras do Ler o Mundo. Como educadoras especialistas em alfabetização, já acompanhamos o processo de aprendizagem da leitura e da escrita de muitas crianças e sabemos o quanto a família e a escola são importantes nessa fase. Por isso, pensamos que uma boa maneira de ajudar mães, pais e educadores seria criar uma plataforma que traz tudo o que eles precisam saber: como funciona esse processo na vida das crianças, com dicas de atividades e um pouco da teoria que nos fundamenta. Nossa experiência como professoras está presente em cada palavra, assim como nossas trajetórias de vida, pois Bruna é também psicopedagoga e mãe de Helena (10 anos), Cecília e Matteo (7 anos), e Paula é especialista em produção de texto e escritora de literatura infantil.

O que você achou do conteúdo? Comete aqui!