Resenha para crianças

fada cisco quase nada

Esta é a história da Fada Cisco Quase Nada. Ou melhor, não é bem uma história, mas a apresentação dessa pessoinha, tão pouquinha, que mora numa rosa que parece um labirinto, toda bagunçada, onde só entra quem sabe que sempre é tempo de fada.

Mas, às vezes, ela sai de sua rosa e vem brincar no nosso quarto, que fica todo bagunçado. Aqui, no meu pedaço, com certeza ela já passou… E no seu?

 Mais sobre a leitura de Fada cisco quase nada

O livro de hoje foi escolha da Ceci, é um dos livros queridos dela. Então, primeiro ela quis ler para a filha dela! Impressionante como nossos filhos imitam a gente! Sabemos isso no discurso, mas ver assim escancarado dá até medo 😬

Aproveitando a situação, vale repetir aquele velho clichê: as crianças fazem o que nós fazemos, muito mais do que o que falamos para elas fazerem! Depois da leitura dela, eu fiz a leitura para ela. “Fada Cisco Quase Nada”, de Sylvia Orthof, com ilustrações de Eva Furnari, #editoraatica é a desculpa que todos os bagunceiros precisavam ter!

Quem quiser saber porquê dá uma olhada no vídeo! Eva Furnari tem passado muito por aqui, mas é inevitável! Um sucesso que passa de geração para geração!

Conheça outros livros de Eva Furnari na nossa tag: #lomEvaFurnari!

E compre o livro clicando na imagem abaixo:

Venha conosco!

Você gosta de histórias, certo? Venha escutar as mais de 40 histórias para ler o mundo que temos na plataforma gratuitamente!

Publicado por:Bruna Cardoso e Paula Strano

Somos Bruna Cardoso e Paula Strano, as idealizadoras do Ler o Mundo. Como educadoras especialistas em alfabetização, já acompanhamos o processo de aprendizagem da leitura e da escrita de muitas crianças e sabemos o quanto a família e a escola são importantes nessa fase. Por isso, pensamos que uma boa maneira de ajudar mães, pais e educadores seria criar uma plataforma que traz tudo o que eles precisam saber: como funciona esse processo na vida das crianças, com dicas de atividades e um pouco da teoria que nos fundamenta. Nossa experiência como professoras está presente em cada palavra, assim como nossas trajetórias de vida, pois Bruna é também psicopedagoga e mãe de Helena (10 anos), Cecília e Matteo (7 anos), e Paula é especialista em produção de texto e escritora de literatura infantil.

O que você achou do conteúdo? Comete aqui!