Sobre o livro Eu nem ligo:

“Eu nem ligo”, frase dita sempre que acontece algo que impacta a nossa vida e a gente finge que não está nem aí.

Eu nem ligo de perder a gincana, eu nem ligo que o meu time perdeu no futebol, eu nem ligo que a minha prima comeu o último pedaço de bolo ou, como no caso do livro, eu nem ligo que “Agora a mamãe só fica com esse bebê”!

livro Eu nem ligo

A chegada de um irmãozinho ou irmãzinha sempre muda drasticamente a vida da irmã ou irmão mais velho.

Cada um passa por este momento de uma maneira diferente. Um momento cheio de ganhos e perdas, conflitos internos e externos, uma mistura de sentimentos, muitas vezes difícil de entender e lidar.

A criança do livro lida com a situação de uma maneira especial, misturando o faz de conta com a vida de maneira sensível. Hugo, seu urso de pelúcia, Nina, sua cadela, e depois o pinguim Beto, embarcam junto na brincadeira, mostrando a potência do jogo simbólico na infância e a beleza que existe por trás dos grandes desafios que todos os filhos e filhas mais velhos passam, ainda tão pequenos.

Explore a tag #lomsobreirmãos e encontre mais livros sobre a relação de irmãos e a chegada do irmãozinho!

Clique na imagem abaixo para comprar o livro Eu nem ligo, de Márcia Leite, ilustrado por Jean-Claude Alphen, da Editora Pulo do Gato:

Venha conosco!

Você gosta de histórias, certo? Venha escutar as mais de 40 histórias para ler o mundo que temos na plataforma gratuitamente!

Publicado por:Bruna Cardoso e Paula Strano

Somos Bruna Cardoso e Paula Strano, as idealizadoras do Ler o Mundo. Como educadoras especialistas em alfabetização, já acompanhamos o processo de aprendizagem da leitura e da escrita de muitas crianças e sabemos o quanto a família e a escola são importantes nessa fase. Por isso, pensamos que uma boa maneira de ajudar mães, pais e educadores seria criar uma plataforma que traz tudo o que eles precisam saber: como funciona esse processo na vida das crianças, com dicas de atividades e um pouco da teoria que nos fundamenta. Nossa experiência como professoras está presente em cada palavra, assim como nossas trajetórias de vida, pois Bruna é também psicopedagoga e mãe de Helena (10 anos), Cecília e Matteo (7 anos), e Paula é especialista em produção de texto e escritora de literatura infantil.

O que você achou do conteúdo? Comete aqui!