Uma reflexão para o presente de dia dos pais.

O que é um pai presente?

Engraçado que a gente só usa esse adjetivo para pai, pensa comigo: mãe presente é praticamente um pleonasmo.

Pois é, pai presente também deveria ser, mas não é. Porque tem muito pai ausente. Tem aquela ausência dos que aparecem de vez em quando, a ausência dos que sumiram mesmo, a dos que se foram por obra do destino, claro. Mas tem também a ausência na presença, a ausência disfarçada de presença. 

A pergunta continua: o que é um pai presente?

A presença é difícil de definir concretamente, eu, pelo menos, tenho essa dificuldade, porque a gente corre o risco de cair no julgamento: pai presente é o que coloca pra dormir, troca fralda, lê história? Pode ser. Mas pode não ser também. Existem muitas formas de ser/estar presente.

dia dos pais

A presença é difícil de definir concretamente, eu, pelo menos, tenho essa dificuldade, porque a gente corre o risco de cair no julgamento: pai presente é o que coloca pra dormir, troca fralda, lê história? Pode ser. Mas pode não ser também. Existem muitas formas de ser/estar presente.

Pra mim, a presença está na sutileza do estar junto e esse “estar junto” pode ter muitas configurações. Pode ser na hora de colocar a criança para dormir, sim, mas também no pensamento ao longo dia: “será que ele está bem na escola?”, “será que comeu o lanche?”.

Esse último tipo de presença, no caso dos pais, todo mundo sabe, é mais raro. É a presença da carga mental do dia a dia. Uma presença que desgasta demais a maioria das mães. Mas que traz conexão com as crianças também. E poderia ser dividida.

Sei que cada um dá o que pode, mas esse pode está também relacionado ao que se espera socialmente de um papel. E o papel do pai, por mais que a gente veja mudança, ainda é ligado à presença financeira, momentânea. E pra muita gente (a maioria) isso ainda é lucro. 

Essa é uma longa discussão, que não me atrevo a concluir aqui. Na verdade nem vou adentrar.

O melhor presente de dia dos pais

Prefiro terminar com aquele velho clichê que é a mais pura verdade: o melhor presente é a presença! Aproveitem o dia dos pais para estar junto, compartilhar experiências. E levem isso para o resto da vida!

Feliz dia dos pais!

P.S. – Aqui a gente indica muitos livros infantis e temos várias dicas de livros sobre pai! Clique na tag #lomsobrepai e venha conhecer!

Venha conosco!

Você gosta de histórias, certo? Venha escutar as mais de 40 histórias para ler o mundo que temos na plataforma gratuitamente!

Publicado por:brunapacardoso

Pedagoga formada pela USP, psicopedagoga pelo Instituto Sedes Sapientiae e especialista em alfabetização pelo ISE Vera Cruz. Autora do livro “Práticas de linguagem oral e escrita na Educação Infantil” - aprovado pelo PNBE do professor 2013. Trabalhou durante 12 anos em escola como professora e coordenadora pedagógica e hoje está à frente do Ler o Mundo, plataforma com curso para mães, pais e educadores.

O que você achou do conteúdo? Comete aqui!