Histórias de Tia Nastácia, de Monteiro Lobato

Resultado de imagem para histórias de tia nastácia

Resenha para crianças

Vamos conhecer histórias de tia Nastácia?

O dia 18 de abril é especial para nós, é o dia do nascimento de Monteiro Lobato, o primeiro escritor brasileiro que criou histórias para crianças. Seus livros são bem divertidos e muitos deles contam as histórias que acontecem no Sítio do Picapau Amarelo – lugar mais que famoso por aqui. Em outros livros, ele reconta fábulas antigas, histórias do folclore e outras narrativas, que são muito legais!

Mais sobre a leitura

Hoje é #dianacionaldolivroinfantil! E você sabe por quê?

18 de abril é o dia do Nascimento de Monteiro Lobato, escritor brasileiro que dispensa muitas apresentações!

Então, hoje escolhemos falar sobre as “As histórias de Tia Nastácia”, da @globolivros, que tem ilustrações de Cláudio Martins.

A Helena está lendo este livro na escola e algumas vezes ela traz o livro para casa, para ler uma história como lição de casa – o livro tem 43 histórias mais curtinhas, do folclore, muitas são contos de esperteza.


Antes de começarmos a ler, conversei com a Helena sobre a diferença da leitura da escola e da que ela faz em casa: “É obrigatório levar para casa e ler, mas mesmo sendo obrigatório é legal”, “na escola a gente lê todo mundo junto, cada um lê uma parte, primeiro lê um e aí todo mundo acompanha, a professora às vezes também lê, a gente leva pra lição de casa, aí depois a gente lê na escola, faz uma lição do livro…”, “a gente conversa, a gente até está fazendo uma reescrita…”


Aí comecei a pensar na minha relação com os livros na infância e me dei conta de que eu só lembro de livros que li na escola! Só comecei a ler em casa quando era pré-adolescente, pelo menos é o que diz minha memória… Eu fico muito feliz em ver que a Helena tem uma boa relação com o livro mesmo quando ele vem como conteúdo obrigatório, pois sei que o trabalho da escola é muito importante, aprofundado e bem feito. E ela, dentro da escola, também tem (e usa muito) a possibilidade de ler por escolha própria. E a gente lê muito em casa, né?!

Eu e a Paulinha estamos fazendo um curso super bacana sobre literatura infantil e, coincidentemente esta semana, o tema eram os romances escolares. Uma informação me fez pensar bastante… vocês sabiam que em países europeus, como Inglaterra, as escolas não adotam livros de literatura, pois as crianças leem em casa? Aqui no Brasil adotar livros de literatura na escola é uma super cultura – até porque grande parte da população adulta brasileira não consegue ler para seus filhos em casa por não ser plenamente alfabetizada -, mas não sei dizer se é só isso.

Então para o dia do livro infantil, o que eu gostaria de deixar é uma reflexão: o que vocês têm percebido sobre a leitura das crianças com quem vocês convivem? Elas leem só (ou muito mais) na escola? Enfim, como vocês têm percebido a relação das crianças com o livro infantil por aí?

Clique na imagem abaixo e compre o livro direto na Amazon pelo nosso link!

Venha conhecer a plataforma Ler o Mundo, lá temos várias histórias e trilhas de aprendizagem gratuitos!!

O que você achou do conteúdo? Comete aqui!