Pedro vira porco-espinho, de Janaína Tokitaka, Editora Jujuba

Um livro que traz o sentimento de frustração de maneira leve e divertida!
Se algo no dia não vai bem, Pedro vira porco-espinho. Se a é hora de dormir, mas ele quer brincar, se tem festa e ele quer ficar sozinho, se cai um toró… ele vira porco-espinho na hora! Todo mundo tem seu dia de porco-espinho, não tem? Eu tenho, você deve ter… mas Pedro também desvira porco-espinho rapidinho, quer saber como?

Leia mais

Meu reino, de Kitty Crowther, Editora Cosac Naify

A menina vive entre dois reis brigões – não aguenta mais ficar no meio de tanta guerra, com coisas sendo atiradas de um lado para o outro o tempo todo. Um dia, os dois malvados se encontram em sua casa e a maior confusão se anuncia… ela tem duas opções: sair correndo e deixar que eles destruam tudo ou ser corajosa e colocar um ponto final naquela situação. O que você faria?

Leia mais

O pacto do bosque, de Gustavo Martín Garzo, ilustrado por Beatriz Martín Vidal, Editora Pulo do Gato

Como em muitas famílias, as crianças deste livro pedem para a mãe contar a mesma história todos os dias, antes de dormir: a história de coelhinhos que se perdem no mato e encontram uma loba que está cega e muito triste porque não vai conseguir cuidar dos filhotinhos que vão nascer. Essa história entra na vida das crianças e pode também entrar na sua, porque é linda e faz a gente pensar bastante sobre o que pode e o que não pode, num mundo de seres tão diferentes.

Leia mais

Quando as cores foram proibidas, de Monika Feth, ilustrado por Antony Boratynski, Editora Brinque Book

Imagine um país sem nenhuma cor… Pois era isso o que queria o novo presidente, um jovem ambicioso e malvado, que não se preocupava com as pessoas. Mandou acabar com todas as cores que pudessem existir e, com elas, foi embora a alegria do povo… mas ele não conseguia impedir o arco-íris de aparecer e ele trazia a esperança de tudo mudar.

Leia mais