Quando as cores foram proibidas, de Monika Feth, ilustrado por Antony Boratynski, Editora Brinque Book

Imagine um país sem nenhuma cor… Pois era isso o que queria o novo presidente, um jovem ambicioso e malvado, que não se preocupava com as pessoas. Mandou acabar com todas as cores que pudessem existir e, com elas, foi embora a alegria do povo… mas ele não conseguia impedir o arco-íris de aparecer e ele trazia a esperança de tudo mudar.

Ler mais