O disfarce dos animais e Eu vi, de Fernando Vilela, Editora Brinque Book

A leitura pode ser considerada uma brincadeira? Claro que sim! Ainda mais com livros como os da coleção que lemos hoje! Que tal trocar aqueles livros-brinquedo barulhentos, com textos empobrecidos e imagens estereotipadas por belezuras como as de hoje, que acima de tudo, são literatura de verdade?
Lemos “Eu vi!” e “O disfarce dos animais”, ficou faltando “Onde eles estão?” de Fernando Vilela. A leitura é uma brincadeira gostosa de esconde-esconde e adivinhação, que envolve muito a imaginação! Além de tudo tem o abre e fecha das páginas, que cativa muito os pequenininhos, tudo isso com um texto simples, mas instigante, e ilustrações maravilhosas!

Leia mais

Pê de pai, de Isabel Minhós Martins, ilustrado por Bernardo P. Carvalho, Editora Sesi – SP

Atenção papais, um livro muito bacana sobre ser pai!

Leia mais

João do Pum, de Mário Prata, ilustrado por Caco Galhardo, Editora Companhia das Letrinhas

Este livro é sobre um moço que se chamava João do Pum. Aí você já pode imaginar como ele era, né? O maior punzento! Soltava pum o tempo todo, não conseguia parar… E isso acabou virando um problema, mas o que fazer para controlar essa situação?

Leia mais

Pai, quem inventou? De Ilan Brenman, ilustrado por Anna Laura Cantone, Editora Companhia das Letrinhas

Olhando lê uma história, você fica com vontade de saber quem inventou o livro? E quando escova os dentes, quer saber quem teve a brilhante ideia de inventar a escova de dentes?

Leia mais

Os pequenos guardiões – volume I: Na barriga do monstro, de David Petersen

Este livro faz parte de uma coleção que é sucesso em muitos países. Na história, que é contada em quadrinhos, três ratos corajosos, que fazem parte da guarda, têm a missão de encontrar um velho mercador de grãos que está desaparecido. Mas é claro que há muito mais a ser descoberto nisso tudo… porque o vendedor de grãos era, na verdade, um espião e carregava algo bem importante!

Leia mais

Comilança, de Fernando Vilela, Editora Difusão Cultural do Livro

A vida dos animais na floresta não é fácil, não! Todos têm que se alimentar, não é? Mas já parou para pensar que muitos também podem ser os alimentos dos outros? É uma comilança danada!

Leia mais

Contos ortográficos, de Marilda Castanha, Editora Abacatte

Hífen, ponto, trema, acentos… Já pensou se esses fossem os personagens de um livro? Pois neste livro, Marilda Castranha traz histórias em que esses personagens se revoltam com a reforma ortográfica – que foi quando todos os países que falam a língua portuguesa decidiram usar as mesmas regras. O livro é muito divertido!

Leia mais

Nuno e as coisas incríveis, de André Neves, Editora Jujuba

Nuno faz desenhos e Nina escreve palavras. Cada um tem seu jeito de expressar o que está sentindo, mas Nina não concorda com isso – ela até rasgou o desenho de Nuno e deixou o menino muito chateado. E você, concorda?

Leia mais

Persifal e Dagobert, de Gilles Eduard, Editora Martins Fontes

Esta é uma história sobre sonho. Sabe quando a gente tem um sonho de ter ou fazer algo? Persifal, a rã, queria porque queria morar numa nuvem. Então, Dagobert os e outros animais ajudaram de muitas maneiras. Você acha que ele conseguiu? Não vou contar! Mas vou dizer que esta também é uma história sobre amizade!

Leia mais

Folha, de Stephen Michael King, Editora Brinque Book

O menino vivia por aí descabelado, até que caiu uma semente em sua cabeça e começou a brotar, do meio de sua cabeleira… uma folha! Este é um livro de imagens, para você ler e reler, prestando atenção aos detalhes da ilustração e às poucas palavras, que são onomatopeias, aquelas palavrinhas que representam sons.

Leia mais

Quando eu nasci, de Isabel Minhós Martins, ilustrado por Madalena Matoso, Editora Planeta Tangerina

Quando a gente nasce, nossas mãos não sabem o que fazer, nem nossos pés. Nossa boca não conhece o gosto dos alimentos, nossos ouvidos não sabem como são os sons da natureza. A gente passa a vida inteira conhecendo as coisas do mundo, não é?

Leia mais

O trem da amizade, de Wolfrang Slawski, Editora Brinque Book

Arthur vivia na estação de sua cidade, sempre esperando que alguém descesse do trem para lhe fazer uma visita. Mas ninguém descia. Então, um dia, resolveu comprar uma passagem e subir no trem – quem sabe ele não estivesse esperando na estação errada? Depois desse dia, muitas coisas aconteceram e a vida de Arthur mudou. Você acha que ele encontrou quem estava esperando?

Leia mais